Prefeito de Cabo Frio (RJ) Marquinho Mendes é intimado pela PF a depor sobre esquema de fraude na Comsercaf

Agente da Polícia Federal chega à Prefeitura de Cabo Frio na tarde desta segunda-feira (11) para entregar a intimação em mãos.


Por Lívia Miranda | G1, Cabo Frio

O prefeito Marquinho Mendes (PMDB), de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, foi intimado pela Polícia Federal a depor sobre o esquema de fraude envolvendo a Comsercarf, autarquia responsável pela limpeza pública da cidade. 

Resultado de imagem para Marquinho Mendes (PMDB)
Prefeito de Cabo Frio (RJ) Marquinho Mendes (PMDB) | Reprodução

Após a entrega do documento, o agente informou que Marquinho Mendes deverá comparecer às 15h do dia 14 de dezembro à sede da PF, em Macaé, para prestar o depoimento.

A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que o prefeito irá testemunhar na data definida.

Na sexta-feira (8), Marquinho Mendes anunciou Luis Cláudio Gama dos Santos para conduzir as intervenções na Comsercaf. Em entrevista, o prefeito afirmou que está com a consciência tranquila e que não tem nenhuma participação no esquema que deu origem a Operação Basura.

A Polícia Federal prendeu quatro pessoas acusadas de crimes de lavagem de dinheiro, delitos contra a administração pública e peculato praticados desde janeiro de 2017 através da Comsercaf.

"As escutas telefônicas devem ser analisadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público. Eu particularmente estou muito tranquilo. Estou aqui para corrigir os possíveis erros. Se eu soubesse de qualquer possíveis irregularidades aqui na Comsercaf, eu teria tomado essa decisão anteriormente. Então pra mim é novidade como é para vocês".

Postar um comentário

Postagens mais visitadas