Lula (PT) é multado e tem obra embargada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo

Multa é por supostas irregularidades ambientais. Assessoria de imprensa do ex-presidente informou que ele entrou com recurso no Tribunal de Justiça de SP.


Por G1 SP

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, multou em R$ 41.740 o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por supostas irregularidades ambientais na obra de uma casa na cidade do ABC Paulista. A construção foi embargada. O ex-presidente, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que entrou com um recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo contra a decisão da prefeitura.

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, participa de evento com catadores de materiais recicláveis no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (Foto: Adriano Machado/Reuters)
O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, participa de evento com catadores de materiais recicláveis no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (Foto: Adriano Machado/Reuters)

Segundo a Prefeitura de São Bernardo do Campo, a decisão foi tomada porque houve uma “movimentação de terra” na obra que não estava autorizada pelos órgãos competentes.

Em nota, a administração municipal informou “que o projeto que estava sendo executado não estava em consonância com o aprovado junto à Prefeitura Municipal". A prefeitura realizou uma diligência no local e "de imediato foi lavrado o auto de inspeção ambiental auto de infração ambiental e termo de embargo de obra".

O terreno fica ao lado de outra propriedade do ex-presidente, um sítio chamado “Los Fubangos”.

A prefeitura explicou ainda que o cálculo para o valor da multa está previsto no Artigo 104 do Decreto Municipal 19.463, de 24/09/2015.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas