TRE cassa prefeito e vice de Búzios

Chapa estava impugnada no dia da eleição, mas concorreu assim mesmo. Decisão foi por 6 X 0


Elizeu Pires

Por seis votos a zero o Tribunal Regional Eleitoral cassou o prefeito de Búzios, André Granado (foto) e o vice Henrique Gomes. A decisão foi tomada agora a pouco em processo movido pelos advogados Marcio Alvim e André Marques - do escritório André Marques & Advogados Associados - representando o segundo colocado no pleito, Alexandre de Oliveira Martins, que concorreu pelo PRB. Com várias pendências na Justiça, André estava inelegível para a eleição do ano passado por conta de uma condenação por improbidade administrativa em corte colegiada, mas conseguiu concorrer sob efeito de uma medida judicial.


Resultado de imagem para andre granado henrique gomes
Henrique Gomes e André Granado

Granado - que está com as contas bancarias bloqueadas em uma ação na qual é acusado de fraudes em licitações - chegou a ser afastado do cargo há dois meses, mas reassumiu por ordem do Tribunal de Justiça. Ele ainda pode recorrer contra a decisão desta quarta-feira (13) e aguardará no cargo o julgamento do recurso.

Além deste processo ainda tem mais uma ação na Justiça Eleitoral contra ele, no qual o Ministério Público opinou pela cassação da chapa por supostas irregularidades na arrecadação e nos gastos da campanha eleitoral.

Especificamente sobre André houve uma unanimidade de seis a zero quanto a cassação do diploma, um voto a mais em relação ao vice, pois o desembargador Rapfael Mattos entendeu que a inelegibilidade de Granado não afeta Henrique Gomes. Se a condenação for mantida os eleitores do município serão convocados para uma eleição suplementar.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas