Mortes violentas no interior do Rio integram levantamento exclusivo do G1

Novo projeto do G1, em parceria com especialistas, monitora casos de violência. Levantamento registrou, no período de 21 a 27 de agosto, todos os homicídios, latrocínios e suicídios do país.




Por G1 Região dos Lagos

As mortes violentas que aconteceram no interior do estado do Rio de Janeiro, na semana entre 21 e 27 de agosto, integram um projeto exclusivo do G1. Ao todo, foram registrados cinco homicídios na Região dos Lagos e no Norte Fluminense.

Ana Paula Ramos foi baleada em Guarus, em Campos, e a principal suspeita de encomendar o crime é a cunhada da vítima (Foto: Reprodução/Inter TV)
Ana Paula Ramos foi baleada em Guarus, em Campos, e a principal suspeita de encomendar o crime é a cunhada da vítima (Foto: Reprodução/Inter TV)

Os números fazem parte de um levantamento nacional feito pelo G1, que é o ponto de partida de uma parceria com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da USP e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O projeto tem um nome: Monitor da Violência. Com uma série de iniciativas que envolvem reportagem e análise de dados, o projeto vai fazer o acompanhamento desses e de outros casos de violência no país.

Um dos casos registrados foi o da jovem Ana Paula Silva Ramos, de 25 anos, que foi baleada durante uma emboscada em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita é a cunhada, esposa do irmão, que teria contratado homens para simular um assalto e matar a jovem. Ana Paula foi atingida por um tiro na cabeça e outro no peito, e morreu no dia 23 de agosto.

Também em Campos, um motociclista de 33 anos foi assassinado a tiros no conjunto habitacional popular do Parque Santa Rosa, em Guarus. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava de moto quando foi baleada e morreu no local do crime. Nenhum suspeito foi encontrado. O crime ocorreu no dia 27 de agosto.

Em Rio das Ostras, no interior do estado, uma adolescente de 16 anos foi executada com oito tiros no dia 25. De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava em uma bicicleta quando seguia para encontrar o namorado e foi assassinada.

Na mesma sexta-feira (25), também em Rio das Ostras, um homem de 46 anos também foi morto com oito tiros quando estava a caminho da casa da ex-mulher para ver o filho, no bairro Zabulão. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi praticado por um homem que estava em uma bicicleta, não tendo sido identificado.

Em Araruama, na Região dos Lagos, o corpo de um homem de 39 anos foi encontrado com marcas de tiros na manhã do dia 22 de agosto. Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, Leonardo Couri, a vítima tinha sete perfurações pelo corpo e foi encontrada no bairro Bananeiras. Nenhum suspeito foi preso.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas