Postagem em destaque

Baixada Fluminense quer um senador para chamar de seu nas próximas eleições

As conversas ainda acontecem à boca pequena, mas ganham força a cada dia.


Por Berenice Seara | Extra

Deputados estaduais e federais de altos costados da Baixada Fluminense estão convencidos de que podem lançar, em 2018, um político da região para uma das duas vagas do Senado.


Prefeitos da Baixada se reúnem com o governador Pezão
Prefeitos da Baixada se reúnem com o governador Pezão Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo

O nome de consenso, eles ainda não têm.

Mas parlamentares como Dica, deputado estadual por Duque de Caxias há cinco mandatos, têm teses bem pertinentes para sonharem alto.

Espaço

Na visão da turma, há um vácuo na formação das chapas para o ano que vem. Nenhum partido tem o nome fechado para a disputa ao Senado.

E essa indefinição pode, sim, ser bem explorado por um postulante da região, que tem um polpudo colégio eleitoral — são 13 municípios, que somam quase três milhões de eleitores.

Os mais animados lembram que a Baixada tem hoje um senador — Lindbergh Farias, ex-prefeito de Nova Iguaçu.

E que não custa nada sonhar (e trabalhar) por um substituto.


0