Aliada de Eduardo Cunha e alvo da Caixa de Pandora pregam 'nova política' na TV

Filmado recebendo propina proclama na TV o 'jeito novo' do PHS


Diário do Poder

No programa em que o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, foi a grande estrela, o PHS exibiu seu propaganda eleitoral gratuita nesta terça-feira (14) mostrando ao menos duas presenças incômodas: a ex-deputada Solange Almeida, aliada do ex-deputado Eduardo Cunha, já condenada por improbidade, e Luiz de França, envolvido no esquema de corrupção revelado pela Operação Caixa de Pandora, em Brasília, em que foi filmado recebendo propina do delator Durval Barbosa. Solange e Luiz defenderam, é claro, a ética e o “novo” na política.


Solange com Cunha, seu padrinho, e Luiz França contando o dinheiro recebido de Durval Barbosa: pregando o "jeito novo" de fazer política do PHS.

Kalil foi citado pelo presidente nacional da legenda, Eduardo Machado, como um exemplo de alternativa no momento em que foi necessário “virar o jogo” e “construir uma sociedade mais justa”. O prefeito também apareceu no mesmo tom, convidando o telespectador a “experimentar um jeito novo" de fazer política. “Uma política séria, política do que se fala, se cumpre”, afirmou Kalil, que fez propaganda de sua gestão iniciada em janeiro.

Logo após o prefeito, deputados estaduais, federais, vereadores e dirigentes da legenda em todo o país se revezam na defesa de um desenvolvimento do Brasil com justiça social, bandeira do PHS.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas