Caixa Econômica Federal gasta fortuna em evento para políticos

Hotel cobra até R$ 1 mil por pessoa. Caixa levou 1.100 a evento


Diário do Poder

A Caixa enrolou, mas não informou, o custo de megaevento, exclusivo para autoridades do governo e “gestores” de todo o país, realizado no hotel Royal Tulip, de Brasília. Participaram mais de 1.100 pessoas do evento no hotel, onde a menor diária custa R$ 330. Além do presidente Michel Temer, estiveram lá os ministros Henrique Meirelles, Eliseu Padilha, Dyogo Oliveira e também, claro, diretores da Caixa.


Hotel cobra até R$ 1 mil por pessoa. Caixa levou 1.100 a evento

Eventos no luxuoso Royal Tulip Brasília custam até R$ 1.000 por pessoa. Instada, a Caixa não informou o custo de tanta mordomia.

A Caixa está proibida de muitas coisas, por lei ou sentenças judiciais, mas se sente à vontade para gastar em eventos com políticos.

Longe da transparência, a Caixa faz lobby contra qualquer iniciativa para obrigá-la a divulgar os ganhadores de loterias, alguns misteriosos.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas