Postagem em destaque

Polícia Federal visita cofre de Renan Calheiros

Sem alarde, operação contra senador réu apreendeu papéis


Cláudio Humberto | Diário do Poder


A Polícia Federal realizou na segunda-feira (5), sem alarde, uma operação focada no presidente do Senado, Renan Calheiros. Na ação, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, os agentes abriram um cofre no gabinete do peemedebista, localizado no 15° andar, e levaram documentos. Coincidência ou não, no mesmo dia, o ministro Marco Aurélio decidiu, por liminar, afastá-lo da presidência do Senado. 


Sem alarde, operação focada no senador réu apreendeu documentos

Procurada, a Diretoria-Geral do Senado não negou o fato e aconselhou que “o questionamento” fosse endereçado ao Supremo.

Obedecendo uma regra sobre sigilo de processo, o Supremo e a Polícia Federal não comentam “investigações em curso”.

O atual presidente do Senado é réu em um processo e alvo de 11 investigações no âmbito do STF, em razão do privilégio de foro.

Procurado por meio de sua assessoria, Renan Calheiros não se pronunciou a respeito.



0