Garotinho (PR) tenta resistir transferência para presídio e é contido

Folha de SP

Preso desde quarta-feira (16), o ex-governador do Rio Anthony Garotinho resistiu, na noite de quinta (17), ao ser transferido do Hospital Municipal Souza Aguiar para o Complexo Penitenciário de Bangu. 


O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho, tenta resistir a transferência para Bangu Foto de: Alexandre Cassiano/Agência O Globo

Ao ser acomodado dentro da ambulância, Garotinho tentou se levantar e foi contido por agentes da Polícia Federal.

Enquanto a maca era transportada até a ambulância, sua filha, a deputada federal Clarissa Garotinho, chorava e dizia: "meu pai não é bandido, querem matar ele lá."

A ex-governadora e mulher de Garotinho, Rosinha, se revoltou com a decisão. "Não quero crer que seja intencional mandar Garotinho para Bangu sabendo que ele foi secretário de Segurança e prendeu muitos bandidos que estão lá. Se alguma coisa acontecer com ele vou responsabilizar o juiz e processá-lo. Ele tem nas mãos a vida do Garotinho."

Garotinho teve um pico de pressão na quarta enquanto estava na sede da Polícia Federal, e foi levado para o hospital.

Uma decisão da Justiça Eleitoral de Campos determinou que ele fosse transferido imediatamente para o hospital penitenciário de Bangu porque ele estava, segundo o juiz Glaucenir Silva de Oliveira, recebendo regalias e tratamento diferenciado no Souza Aguiar.

A decisão determinou que ele deve ficar em Bangu até que faça um exame cardiológico que está marcado para segunda-feira (21). Depois de conhecido o resultado, será decidido onde Garotinho ficará custodiado.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas