Postagem em destaque

Agnelo Queiroz e Tadeu Filippeli são considerados inelegíveis pelo TRE

Agnelo Queiroz e Tadeu Filipelli poderão de recorrer ao TSE


Francine Marquez | Diário do Poder

Por 4 votos a 3 os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decretaram que o ex-governador Agnelo Queiroz (PT) e seu vice, Tadeu Filippelli (PMDB) estão inelegíveis por oito anos, por uso da “máquina pública” na campanha de reeleição em 2014. O jornalista André Duda, que trabalhou como coordenador da campanha, também foi condenado. Também foi estipulado que cada um terá que pagar a multa no valor de R$ 30 mil. 


Resultado de imagem para agnelo queiroz
Agnelo Queiroz (PT)

A coligação União e Força, formada pelos partidos PR, PTB, DEM, PMN e PRTB, recorreu a Justiça alegando que o então governador do DF, Agnelo, estava utilizando a máquina pública para se favorecer. Entre as alegações, a chapa apontou o uso do site do GDF, a página do governo do Facebook, participação do ex-governador no evento da CEB de troca de geladeiras, intensa veiculação de propagandas institucionais e até o fato das cadeiras vermelhas do Estádio Nacional Mané Garrincha, vermelhas como a cor do PT, partido de Agnelo Queiroz.

Os advogados pretendem recorrer da decisão da Corte no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



0