Postagem em destaque

Ignorando a crise, partidos sacam à vontade do fundo partidário

Alheios à crise, partidos já embolsaram R$184 milhões este ano


Claudio Humberto | Diário do Poder

O Brasil está em crise, sem dinheiro até para merenda escolar, mas os 35 partidos com representação na Câmara dos Deputados vivem tempos de vacas obesas: já receberam este ano, até março, R$ 184 milhões do Fundo Partidário. Vão faturar R$ 900 milhões este ano. Os políticos criaram o Fundo e definem seu valor, aumentando-o a cada ano. Em 2016, o PT já tomou R$ 24,5 milhões do Fundo, sem contar os 10% de “dízimo” que cobra de cada filiado com boquinha no governo.
 

Em 2017, quando não haverá eleição, os partidos vão raspar mais de R$1 bilhão do tacho do Tesouro Nacional.

O valor atual do Fundo Partidário, sancionado por Dilma, é 163% maior do que o proposto pelo governo no Orçamento da União.

Os partidos que mais tomaram dinheiro do fundo partidário são, depois do PT, PSDB (R$ 20,20 milhões) e PMDB (R$ 9,7 milhões).



0