Vereador é preso por furtar água de adutora em Pernambuco

Preso em flagrante, vereador pernambucano paga fiança e sai


Diário do Poder

O vereador Gilson Pereira da Silva foi preso em flagrante na segunda-feira (21) suspeito de furtar água da Adutora de Jucazinho, em Vertentes, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, funcionários da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informaram que o parlamentar - que atua no município - estaria desviando a água para um barreiro de propriedade dele.


O PARLAMENTAR FOI LEVADO PARA A DELEGACIA REGIONAL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE - FOTO: FAROL DE NOTÍCIAS

O gerente regional do Alto Capibaribe da Compesa, Mário Heitor Filho, disse que o reservatório abastece oito municípios. "Nós estamos fazendo o cálculo da multa. O valor depende do período que a água era desviada e pelo regime de abastecimento. Pelas condições que encontramos, o furto estaria acontecendo há mais de um ano". A mídia tentou falar com o vereador por telefone, mas a ligação caiu e a linha ficou fora de área até a publicação desta matéria.

O parlamentar foi levado para a Delegacia Regional de Santa Cruz do Capibaribe, na mesma região. Segundo a Polícia Civil, o suspeito pagou fiança e foi liberado.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas