STF autoriza investigação de Gilberto Kassab sobre Controlar

A investigação vai apurar o possível envolvimento do ministro das Cidades em fraudes verificadas no sistema de inspeção veicular da cidade de São Paulo, na época em que ele era prefeito da capital


Correio do Brasil
com Agências de Notícias - do Rio de Janeiro

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o prosseguimento das investigações para apurar o possível envolvimento do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, em fraudes verificadas no sistema de inspeção veicular da cidade de São Paulo, na época em que ele era prefeito da capital paulista.


Gilberto Kassab

A fraude envolvendo a empresa Controlar, responsável pela realização das inspeções, começou a ser investigada pela Polícia Civil, mas o caso foi encaminhado ao STF após Kassab se tornar ministro. O STF deu prazo de 20 para Kassab se manifestar, caso deseje.

A autorização ara a continuidade das investigações foi dada pelo ministro do STF Dias Toffoli, que atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Após as investigações, a PGR deverá determinar se será aberta uma ação penal ou o arquivamento do caso junto ao STF.

O Ministério das Cidades informou, por meio de nota, que Kassab foi inocentado em todas as instâncias jurídicas e administrativas e que ele está à disposição para prestar esclarecimentos sobre o caso.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas