'Não estou no Ministério da Educação por cota partidária', diz Cid Gomes

CBN

O novo ministro afirmou que Dilma Rousseff não entregaria este posto, estratégico, por barganha política. Ele diz que presidente reconheceu sua experiência na educação, desde os tempos na prefeitura de Sobral até o governo do Ceará.




Em entrevista exclusiva à CBN, o novo ministro da Educação Cid Gomes assegurou que irá assumir os compromissos feitos em campanha pela presidente Dilma Rousseff.

Cid disse que vai ampliar a oferta de ensino infantil, com o aumento no número de creches para crianças de 0 a 3 anos. No Ensino Fundamental, o novo ministro afirmou que o maior desafio será melhorar a qualidade de ensino, já que, de acordo com ele, não há déficit na oferta de vagas.

Cid também afirmou ter ‘simpatia’ pela ideia de um exame nacional para professores, nos moldes do Enem, que assegure às famílias a qualidade dos docentes.

Ao resumir seu plano de gestão, Cid Gomes disse que irá trabalhar com o objetivo de melhorar o ensino infantil, ter metas e avaliações nos ensinos Fundamental e Médio, e elevar oferta de vagas de tempo integral em todo o país.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas