PCdoB pede expulsão de suplente de vereador suspeito de roubo no Rio

Eucimar Archanjo é ex-PM e suplente de vereador em Belford Roxo.

Ele foi preso suspeito de participar de um assalto na Lapa.


Do G1 Rio

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) pediu a expulsão sumária do policial militar reformado Eucimar da Silva Archanjo, 37 anos, que é suplente de um vereador de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Ele foi preso na noite desta quinta-feira (14) suspeito de participar de um assalto na Lapa, Centro do Rio.

Eucimar foi detido junto com Alan Ferreira, de 25 anos. Eles são suspeitos de assaltar o dono de um veículo durante uma negociação de compra. O presidente do Diretório Municipal de Belford Roxo do PCdoB, Wagner Tustes, já havia adiantado que seria pedida a expulsão sumária do ex-PM do partido.

Assalto

Segundo a polícia, o dono do carro contou que anunciou o veículo para a venda. Dois homens se apresentaram como compradores e, durante a negociação, anunciaram o assalto.

A vítima, que preferiu não se indentificar, disse que estava com o primo na hora da ação e que os dois criminosos circularam com eles no carro por quase 20 minutos. Um deles conta que foi agredido pelos assantates.

“Coronhada na cabeça, não acreditava que fosse um assalto… Coronhada para sair do carro”, disse.

Depois de liberadas, as vítimas avisaram a PM e, menos de 10 minutos depois, agentes da Operação Lapa Legal conseguiram encontrar o carro. Ainda segundo a polícia, os dois supostos compradores foram presos em flagrante. Com eles foram apreendidos uma pistola, um revólver e munição.

Na delegacia, os agentes descobriram que Eucimar, além de ex-PM, era suplente de um vereador em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os presos prestaram depoimento durante a madrugada e serão transferidos nesta sexta-feira para um presídio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas