Postagem em destaque

Criada a rede de combate à corrupção na América Latina e no Caribe

Agência TCU

Integrantes da Organização Latino-americana e do Caribe de Entidades Fiscalizadoras Superiores (Olacefs) criaram, em reunião realizada no último 23 de maio, em Buenos Aires, na Argentina, a Rede Latino-americana e do Caribe para o Combate à Corrupção (RLACC). A iniciativa da rede nasceu de proposta do atual presidente da Olacefs e também presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Augusto Nardes.

Para o presidente da Olacefs e do TCU, “a proposta é não somente realizar fiscalizações para detectar a corrupção, mas acima de tudo adotar medidas para impedi-la. Isso é o mais importante, porque vai ajudar a melhorar a governança nos países da região”. Nardes também enfatizou: “devemos estar juntos e fortalecer a troca de informações entre as Entidades de Fiscalização Superiores (EFSs) para que haja uma maior transparência e que os interesses do cidadão esteja sempre acima dos interesses privados”.

A rede foi criada na reunião do Conselho Diretivo da Olacefs, que além da RLACC, também aprovou o Regulamento da Condecoração das Américas. Para a concretização da rede, o Conselho Diretivo, por meio da Resolução de Buenos Aires, prevê a assinatura de um memorando de entendimento com outras instituições para o lançamento da RLACC durante a XXIV Assembleia Geral da Olacefs, a ser realizada no próximo mês de novembro em Cuzco, no Peru.



0