Programas como Mais Médicos e Minha Casa poderão ser monitorados pela internet

As informações poderão ser acessadas pela internet por qualquer cidadão


RENATA AGOSTINI
DE BRASÍLIA | FOLHA DE SP

O governo tornará público a partir de janeiro do ano que vem dados de programas como Mais Médicos e Minha Casa, Minha Vida, afirmou nesta sexta-feira (27) a ministra Gleisi Hoffmann (Casa Civil).

As informações dos projetos, como informações dos profissionais de saúde enviados a cada cidade ou o andamento de obras nos diferentes municípios, poderão ser acessadas pela internet por qualquer cidadão.

"Queremos colocar disponível para que a população possa nos ajudar a fiscalizar também, a acompanhar os programas", disse a ministra durante encontro com jornalistas no Palácio do Planalto.

A ideia é que dados de outros projetos sejam aos poucos disponibilizados na plataforma on-line. O programa de prevenção de desastres naturais, que hoje monitora a situação de pouco mais de 500 municípios, deve ser incluído também no ano que vem. Segundo a ministra, demorará mais um pouco que os dois primeiros, pois há "muita informação desencontrada".

Hoje, o governo possui uma plataforma para acompanhar o andamento de suas ações prioritárias. Ela é utilizada pela presidente Dilma Rousseff e pela Casa Civil. Ao público será divulgada uma versão "mais amigável" da usada pela administração federal.

A Casa Civil, por exemplo, monitora perto de 40 programas do governo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas