Construtora dá prejuízo de R$ 3 milhões à Câmara dos Deputados

Leandro Mazzini

A Câmara dos Deputados levou um tombo milionário e foi obrigada a lançar nova licitação para reformar os blocos C, D e E dos apartamentos funcionais da Quadra 302 Norte, em Brasília.

A PW Engenharia vencera a licitação para reformar 24 imóveis, por R$ 38 milhões, mas deu calote nos operários e sumiu dos prédios.

Segundo assessoria da Câmara, a empreiteira realizou só 12% do programado, ou seja, a demolição dos apartamentos antigos. A Câmara agora cobra na Justiça a devolução de em R$ 3.237.746,70.

Desde Março as obras estão paralisadas nos três blocos, cercados como esqueletos de concreto, na entrada da Quadra. A PW não foi localizada.

A nova licitação será dia 1º de Novembro. As obras de reforma estão orçadas em R$ 43 milhões. O calote só não foi maior porque a Câmara liberava a verba após medições constantes, até detectar o problema e cancelar o contrato unilateralmente.

As obras recomeçam em Dezembro, para alegria dos deputados futuros moradores. Os apartamentos são de luxo. Apenas a sala de estar mede R$ 78 m² (um apartamento de dois quartos na praça). São quatro quartos (duas suítes), copa, cozinha, ampla área de serviço.



-->
Postar um comentário

Postagens mais visitadas