Senador critica máfia dos transportes em audiência pública

Agência Senado

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) disse, na manhã desta segunda-feira (15), que derrubar "a máfia" que toma conta do transporte público será um avanço civilizatório para o Brasil. A afirmação foi feita pelo parlamentar durante a audiência pública realizada pela Comissão de Direitos Humanos (CDH) para debater soluções para os problemas de mobilidade urbana nas grandes cidades brasileiras.

- Não tem máfia maior neste país do que a do transporte coletivo. Enfrentar e derrubar essa máfia será um avanço civilizatório - disse.

Randolfe defendeu a aprovação de algumas proposições em tramitação na Câmara e no Senado, entre elas a Proposta de Emenda à Constituição 90/11 , que inclui o transporte entre os direitos sociais; o PLC 50/13 , que determina a transparência nas tarifas; e o PLC 310/09 , que institui o Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (Reitup).

A especialista em transporte e professora da UNB, Maria Rosa Ravelli ressaltou que o transporte público deve deixar de ser negócio para ser uma prestação de serviços. Na opinião dela, a primeira a ganhar com isso seria a sociedade.

A audiência da CDH, presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), contou com a participação do público, que enviou perguntas aos senadores e palestrantes por meio do portal e-Cidadania , pelo Facebook , pelo Twitter e pelo Alô Senado (0800-612211).



Postar um comentário

Postagens mais visitadas