Prefeita de São João da Barra, RJ, é presa em flagrante após comício

Carla Machado é suspeita de compra de votos.
Vereador Alexandre Rosa (PMDB) também foi preso.


G1 Norte Fluminense


A prefeita de São João da Barra, RJ, foi presa em flagrante na madrugada desta quarta-feira (3). Carla Machado é suspeita de compra de votos. Segundo a comunicação da prefeitura, ela foi presa por policiais federais depois de um comício na cidade. Carla não concorre a reeleição. Além dela, o vereador Alexandre Rosa, que é candidato a vice prefeito pelo PMDB, também foi preso.

A movimentação foi intensa na delegacia da Polícia Federal de Campos dos Goytacazes.


Os depoimentos começaram por volta das 4h. A operação da PF aconteceu durante o período em que a Justiça Eleitoral proíbe prisões, com exceção de flagrantes e crimes inafiançáveis. A determinação está valendo desde terça-feira (2).

No início da manhã desta quarta-feira (3), Carla Machado faz um exame de corpo de delito no IML de Campos dos Goytacazes. De acordo com o delegado que cuida do caso, Paulo Cassiano, haverá uma coletiva de imprensa às 10h.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas