Encerramento da Opera??o Carranca I

CECOMSAER

Depois de duas semanas de exerc?cios, a Opera??o Carranca I encerrou ontem as suas atividades. Por 12 dias, unidades de coordena??o e execu??o da Busca e Salvamento brasileira se reuniram na Base A?rea de Florian?polis (BAFL) para aprimorarem e refletirem sobre suas a??es.

Ap?s homenagens m?tuas entre o DECEA (DSAR e Salvaeros) e FAe II (Esquadr?es Phoenix e Pelicano), al?m da BAFL, o Coronel Aviador Luiz Cl?udio Ribeiro, chefe do Subdepartamento de Opera??es do DECEA, prestou uma homenagem ao patrono da Opera??o Carranca I, Dr. Carlos Alberto. ? sua esposa, Suzie Mara Ferreira, disse: ?pude ver claramente o quanto ele era querido e admirado pela fam?lia SAR. Nada mais justo dar o seu codinome ? Opera??o ?Carranca?, como forma de agradecimento e reconhecimento pelo trabalho e dedica??o ? Busca e Salvamento?.

Logo em seguida, foram apresentadas as li??es aprendidas com os exerc?cios. A Marinha do Brasil exp?s suas observa??es, atrav?s do Primeiro Tenente Silva Lopes, chefe de opera??es do navio Trit?o, que participou da Opera??o Carranca I, e do Capit?o Tenente Wagner Pinto Alves, que atuou como observador.

Na ?rea de execu??o a?rea, o Major Potiguara observou o que precisava ser aprimorado. Disse que tudo o que foi visto serve para avan?o da Busca e Salvamento.. Entre outras observa??es, citou a organiza??o de processos e m?todos, evitando, assim a correria na opera??o. ?N?o estamos perdendo tempo com isso, mas sim ganhando tempo?, justificou.

O chefe da Divis?o de Busca e Salvamento do DECEA (D-SAR), Major Silvio, fez o encerramento da reuni?o e, muito emocionado, afirmou que o resultado do exerc?cio n?o poderia ter sido mais positivo: ?Fiquei muito satisfeito ao perceber que houve uma grande integra??o entre os Salvaeros e as Unidades A?reas, todos aprenderam juntos?.

Em seguida, os participantes celebraram o encerramento do evento com um churrasco no ?Recanto da Phoenix?, BAFL, esperan?osos de uma nova edi??o da Opera??o, em local ainda a ser definido.

A todos os que participaram, uma boa volta para casa e at? a Opera?ao Carranca II.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas