Itagiba tentou exonerar o ex-chefe de polícia



Chefe de Álvaro Lins quando foi secretário de Segurança Pública do Estado, o agora deputado federal Marcelo Itagiba (PMDB) afirmou ontem que tentou exonerar Lins da chefia da Polícia Civil em 2006, mas foi desautorizado pela então governadora Rosinha Matheus.

Itagiba divulgou a cópia de um ofício em que indicava a delegada Elizabeth Cayres para o cargo no dia 2 de fevereiro daquele ano.

Nota distribuída pelo deputado federal – colega de partido de Lins – informa que, meses antes do pedido de exoneração, Itagiba havia recebido denúncias anônimas sobre o possível envolvimento de policiais com contraventores. O deputado relatou também que foi da Subsecretaria de Inteligência, durante sua gestão, que partiram as primeiras informações para a Operação Gladiador da Polícia Federal, em 2006. A ação tinha o objetivo de provar a ligação da máfia dos caça-níqueis com um esquema de proteção de policiais fluminenses.

Itagiba informou ainda que firmou, em 2005, uma parceria formal com o Ministério Público Estadual para combater a máfia dos caça-níqueis no Estado.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas