Governo brinca com militares, diz pesquisadora

Para Maria Celina D'Araújo, Forças Armadas são empurradas a funções que não são delas

Cientista política também diz achar grave o uso do Exército em um projeto que beneficia eleitoralmente um político da base aliada.

É inédito no Brasil ver as Forças Armadas usadas em projetos nitidamente político-eleitorais. Já tivemos experiências de intervenções dos militares em comunidades e acusações de abuso de poder, mas seu uso como braço de um partido ou até de uma igreja [Marcelo Crivella, do PRB, é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus], é a primeira vez. É muito grave.

Veja a matéria completa em:
http://www.noticiasmilitares.blogspot.com/
Postar um comentário

Postagens mais visitadas