Postagem em destaque

MP denuncia magistrados por venda de sentenças



O Ministério Público Federal (MPF), por meio do subprocurador-geral da República Francisco Dias Teixeira, apresentou ontem ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) denúncia contra 16 pessoas investigadas na Operação Têmis, da Polícia Federal. Entre eles estão quatro magistrados, seis advogados, quatro empresários, um procurador da Fazenda Nacional e uma funcionária da Receita Federal, que responderão por crimes como exploração de prestígio, tráfico de influência, prevaricação e corrupção.

A investigação começou em agosto de 2006 para apurar suposta corrupção praticada por um juiz federal convocado para atuar no Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Com indícios de participação de magistrados integrantes do próprio tribunal, em dezembro 2006, a investigação foi remetida ao Supremo Tribunal Federal (STF). O inquérito segue sob segredo de Justiça.
0