Postagem em destaque

TRF determina soltura dos envolvidos na Operação Pasárgada



O TRF (Tribunal Regional Federal) determinou, na noite desta sexta-feira, a soltura dos envolvidos na Operação Pasárgada, que levou à prisão de mais de 50 pessoas em MG, na BA e no DF, incluindo prefeitos, procuradores, advogados, um gerente da CEF e um juiz federal de Belo Horizonte, na última quarta-feira.

Eles foram detidos sob suspeita de desvio ilegal de recursos do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), que é repassado pela União. O prejuízo aos cofres públicos foi estimado em R$ 200 milhões.

Segundo comunicado divulgado pelo TRF, a corte julgou que o corregedor-geral Jirair Megueriam, responsável pela prisão do juiz, não teria competência para tomar a decisão, pois sua atuação é "meramente administrativa" e não inclui "medidas restritivas de direitos". Ao aprovar o agravo interposto pela defesa do juiz, o TRF estendeu a medida aos demais presos.

Agora, o inquérito judicial foi distribuído está nas mãos do desembargador federal Hilton Queiroz, que pode, ou não, decidir pela eventual prisão dos envolvidos, segundo explicou a assessoria de imprensa do TRF.
0