Postagem em destaque

Superaquecimento da usina nuclear de Angra I


Ricardo Boechat

Rio - O aquecimento de parte do conjunto turbo-gerador, "sem vazamento de radioatividade", segundo técnicos da usina, determinou o desligamento de Angra I. A unidade deixou de funcionar às 0h36m desta segunda-feira. Equipes da Eletronuclear estão inspecionando as instalações, mas ainda não desvendaram a causa do problema. Em conseqüência, não há previsão para reinício das atividades da usina. Angra 1 gera 657 megawatts por dia, energia suficiente para suprir 11% da demanda do Estado do Rio. Nenhuma operação de emergência foi montada pelo Operador Nacional do Sistema (NOS), sob alegação de que outras fontes de abastecimento estão aptas a cobrir a ausência de Angra I.

1