Postagem em destaque

PF vai investigar suposta propina da Fiat ao PTB


São Paulo - A Polícia Federal vai investigar uma denúncia de corrupção envolvendo a montadora de veículos Fiat na suposta venda superfaturada de mil carros aos correios. A Fiat também é suspeita de pagar propina de R$ 250 mil ao Diretório Nacional do PTB. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

As denúncias surgiram durante a CPI dos Correios, em 2005, depois das denúncias do mensalão. A PF apreendeu documentos em que foram encontrados indícios do pagamento. O ex-funcionário dos Correios Maurício Marinho denunciou, em depoimento à PF, que o superfaturamento foi realizado por uma empresa de Ribeirão Preto, "para financiar campanhas políticas".

A Fiat confirmou à PF a venda dos carros aos Correios, mas negou ter participado da concorrência pública de maneira ilegal.

0