Pular para o conteúdo principal

Postagens

Postagem em destaque

Corte Interamericana de Direitos Humanos considera Brasil responsável por não investigar a morte de Vladimir Herzog

Tribunal determinou que os fatos ocorridos contra o jornalista, morto na ditadura, devem ser considerados como crime contra a humanidade.
Por G1
A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) considerou o Estado brasileiro responsável pela falta de investigação, julgamento e sanção dos responsáveis pela tortura e assassinato do jornalista Vladimir Herzog.

O tribunal internacional também considerou o Brasil responsável pela violação ao direito de conhecer a verdade e à integridade pessoal em prejuízo dos familiares de Herzog.

"A CorteIDH determinou que os fatos ocorridos contra Vladimir Herzog devem ser considerados como um crime contra a humanidade, como é definido pelo direito internacional", afirma a sentença.

Em resposta, o ministério dos Direitos Humanos informou nesta quarta-feira (4) que vai "aprimorar" as investigações sobre Herzog.

"Consideramos que a sentença da Corte IDH, ainda que condenatória ao Estado brasileiro, representa uma oportunidade para …

Últimas postagens

Justiça proíbe gastos com cachê de Anitta e outros artistas na Expo Itaguaí 2018 e prefeitura decide cancelar evento

O que namoro de Jair Bolsonaro (PSL) com PR revela sobre estratégia rumo ao Planalto

Greve dos caminhoneiros derrubou produção industrial em 10%

Líderes nacionalistas enfraquecem direitos humanos e instituições multilaterais, denuncia comissário da ONU

Com Itaguaí (RJ) em crise, prefeito é flagrado na Copa da Rússia no jogo do Brasil (VIDEO)

Prefeito de Aperibé (RJ) se despede do cargo com nomeações e antecipação do 13º para nomeados em cargos comissionados

A política “corrompida, carcomida e podre” de Datena

Câmara aprova reajuste do 'salário-esposa' dos servidores do Tribunal de Contas do Município de SP

Prefeito de Itaperuna tenta desqualificar denúncia do MP

TRE quer MP avaliando possível interdição de ex-prefeita de Magé

Câmara de Silva Jardim (RJ) não fiscaliza governo nem serviço ruim

Ex-prefeito de Nilópolis tem inelegibilidade mantida pelo TRE

Denúncia de fraude e superfaturamento gera mais uma ação do MP contra o prefeito de Itaperuna (RJ): sobrou até para a primeira-dama

TRE-RJ determina revogação de contratos com servidores admitidos entre abril e maio em Rio das Ostras

Cristiane Brasil é alvo de operação da Polícia Federal contra fraudes no Ministério do Trabalho